Google+ Followers

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Campos dos Goitacazes



Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, em 1958. Em meados do século XVI a região foi doada pelo rei de Portugal Dom João III a Pero de Góis da Silveira quando passou, então, a constituir a chamada Capitania de São Tomé, logo rebatizada como Capitania do Paraíba do Sul. Na época, porém, a região já era habitada pelos índios goytacazes, que opuseram feroz resistência à implantação do cultivo de cana-de-açúcar pelos portugueses, inviabilizando a colonização portuguesa. A partir de 1627, com a doação do território aos chamados Sete Capitães, a colonização portuguesa, baseada na pecuária, começou a se processar de modo efetivo. Em 1652, ocorreu a instalação do primeiro engenho de açúcar na região, marcando o início dessa importante atividade econômica. Em 29 de maio de 1677, foi fundada a vila de São Salvador dos Campos. Foi elevada à categoria de cidade em 28 de março de 1835. Durante todo o século XIX atingiu grandes progressos, alavancados pelo ciclo do açúcar, o "ouro-doce", constituindo uma opulenta nobreza rural, com barões, viscondes, condes, comendadores, fidalgos, etc., sendo prestigiada pelo imperador Dom Pedro II e sua família em várias ocasiões. Importantes fatos históricos se deram em Campos dos Goytacazes: entre eles, a partida dos primeiros voluntários para a Guerra do Paraguai, em 28 de janeiro de 1865, pelo vapor Ceres. Outro momento importante foi o movimento do abolicionismo, que teve seu ponto alto em 17 de julho de 1881, com a fundação da Sociedade Campista Emancipadora, que propagava a luta pela emancipação dos negros. Os jornalistas Luís Carlos de Lacerda e José Carlos do Patrocínio, este último cognominado de "tigre da abolição", foram os maiores expoentes da causa. Porém foi a última cidade brasileira a aderir à abolição da escravidão. As visitas do imperador Dom Pedro II e a luta republicana foram outros marcos da História de Campos dos Goytacazes. A partir da década de 1930, com a instalação do primeiro engenho a vapor, a indústria açucareira ganhou novo fôlego na região. O petróleo foi oficialmente descoberto na região em 7 de dezembro de 1974, no Farol de São Tomé, reativando o desenvolvimento da região. Na foto: Igreja Matriz de Campos dos Goytacazes na Praça São Salvador, Centro. É o município com a maior extensão territorial do Estado do Rio de Janeiro. Foto: Tibor Jablonsky - acervo: IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários