Google+ Followers

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Jardim América



Jardim América, zona norte da cidade do Rio de Janeiro, anos 1950/1960 (?). O bairro foi criado em 1957 a partir de um plano de urbanização do Projeto de Arruamento e Loteamento (PAL) Proletário, denominado "Jardim América". O terreno era situado próximo à Rodovia Presidente Dutra e limitado pelo Rio Acari e pela Estrada Vigário Geral. No total foram criados 39 logradouros, 2.782 lotes residenciais, 124 comerciais e 90 industriais, atravessados pelo Rio dos Cachorros e linhas de transmissão elétrica da empresa Light. O Jardim América tem uma geografia predominantemente plana. O bairro foi planejado, o que significa que teve uma ocupação, ao menos ao princípio, ordenada e está servido com infra-estrutura de água, esgoto e eletricidade e também coleta regular de lixo pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb). As ruas são largas, há padronização de calçadas e a distância das casas em relação ao muro também é regulamentada. O deslocamento no bairro é facilitado devido a numeração de suas ruas, as quais também têm seus nomes dedicados a compositores de música clássica, como Richard Strauss, um barão cearense, o Barão de Studart e religiosos como Padre Boss e Padre Peronelle. O bairro faz divisa com o município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense. Foto: Gilson Costa - acervo IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários