Google+ Followers

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Quintino Bocaiuva

Quintino Bocaiúva, zona norte da cidade do Rio de Janeiro, em 1923. O bairro recebeu esse nome em homenagem ao republicano histórico brasileiro Quintino Bocaiúva (1836-1912). O bairro é famoso por ter sido o local de origem do jogador de futebol Zico. Quintino era, até o início do século XX, parte da Freguesia de Inhaúma, área da cidade que compreendia vários atuais bairros da região. O lado sul era pantanoso e fazia parte da Fazenda da Bica, com sede próxima à atual Rua Souto. Em 1876, foi inaugurada a Estação Cupertino de trens. Com a morte do jornalista, político e morador da região, Quintino Bocaiúva, em 1912, a estação próxima à sua casa ganhou seu nome e acabou também dando o nome ao bairro. Em 1912, já eletrificado, o bonde de Jacarepaguá serviu de cortejo fúnebre a Quintino. O senador, antes de morrer, pediu para ser sepultado no Cemitério de Jacarepaguá. O féretro veio do Centro do Rio de Janeiro pelo trem da Central até Cascadura, de onde o cortejo seguiu de bonde até o Pechincha (zona oeste). Nos anos 1940, já existia, ao sul de Quintino Bocaiúva, um enorme terreno que se mantém do mesmo tamanho até hoje e que vai da Rua Clarimundo de Melo até o Morro Inácio Dias, onde funcionava a Escola XV de Novembro e também uma unidade da Fundação Nacional do Bem-Estar do Menor onde ficavam presos menores de idade infratores ou então internados menores de idade carentes. A fundação funcionou até o fim dos anos 1980 e, durante muito tempo, foi um problema para seus vizinhos, pois muitos menores, em suas tentativas de fuga, corriam pelos quintais das casas vizinhas à instituição. Nos anos 1960, a vida do bairro já era movimentada: na parte sul, havia várias associações sociais e recreativas. Entre elas, o OTAB, que foi presidido durante muito tempo por Laurindo Azevedo, que realizava famosas festas de carnaval, dia das crianças, torneios esportivos e festas que atraíam gente de todo o subúrbio. Na década de 1970, com a ascensão política do deputado Jorge Leite, nascido na região, o bairro ganhou desenvolvimento, com o asfaltamento de todas as ruas. Dessa época, também data a época de maior força dos ranchos carnavalescos locais: Decididos de Quintino e Aliados de Quintino, que figuravam entre os mais importantes ranchos da cidade do Rio de Janeiro. Havia também o rancho Aliança, de menor expressão. Com a decadência dos ranchos por oposição às escolas de samba, nos anos 1980, tanto o Decididos quanto o Aliados procuraram transformar-se também em escolas de samba, o que não deu certo e resultou na extinção de ambos, não sem antes o primeiro ter sido campeão do último desfile de ranchos realizado no carnaval carioca. Progressivamente, também as entidades e a própria vida social do bairro foram se extinguindo com o passar dos anos. Alguns apontam vários fatores para essa decadência da vida cultural e social do bairro, mas talvez as maiores causas sejam a especulação imobiliária e o aumento da violência, que diminuíram as relações entre vizinhos nas décadas seguintes. Na foto a estação de trem Quintino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários