Google+ Followers

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Volta Redonda


Volta Redonda, Sul Fluminense (região do Vale do Paraíba Fluminense), nos anos 1950. O nome do município se deve a um acidente geográfico no curso do Rio Paraíba do Sul. Em 1765, José Alberto Monteiro obteve do vice-rei Antônio Álvares da Cunha, Conde da Cunha, uma sesmaria à margem do Rio Paraíba do Sul, onde hoje se encontra a maior parte do território do município, sendo considerado o primeiro "homem branco" a habitar suas terras. A partir de então, algumas povoações cresceram próximas às grandes fazendas de café que se formaram no século XIX e que foram sendo gradualmente substituídas por fazendas de gado quando do declínio da produção cafeeira após a abolição da escravatura. Em 3 de outubro de 1832, foi criado o município de Barra Mansa. Parte considerável de Volta Redonda pertencia às suas terras. As primeiras aspirações de autonomia do lugarejo surgem em 1874, quando os moradores pleitearam a elevação do povoado à categoria de freguesia, sendo que, em 1926, Volta Redonda conseguiu o seu estabelecimento definitivo como oitavo distrito de Barra Mansa. Dessa época até a chegada da Companhia Siderúrgica Nacional, o então distrito denominado Santo Antônio de Volta Redonda (o oitavo do município de Barra Mansa) cresceu lentamente, com o aparecimento de pequenas indústrias e cooperativas e pouco desenvolvimento estrutural e social. Então, por volta de 1941, quando a usina começou a ser construída, Volta Redonda ganhou um desenvolvimento incomum, com a chegada de milhares de pessoas em busca de trabalho no "eldorado" brasileiro. Em 1946, a CSN entrou em operação e a população de Volta Redonda continuou crescendo vertiginosamente com o surgimento de edificações por todos os lados. Em 17 de julho de 1954, a "Cidade do Aço" se emancipou de Barra Mansa. Foto: Tibor Jablonsky - acervo: IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários