Google+ Followers

domingo, 31 de agosto de 2014

Forte de Madureira


Forte em Madureira - Início Séc XX
Curiosa imagem de um antigo Forte em local que nunca poderíamos imaginar, em pleno subúrbio da cidade e, ao contrário do usual, bem longe do mar.
Trata-se do Forte Nossa Senhora da Glória do Campinho, que era localizado como pudemos deduzir, próximo à Rua Maria Lopes e Domingos Lopes e onde hoje se encontra o quartel RecMec (regimento mecanizado), que por sua vez parece também já haver sido desativado e o terreno encontra-se em fase de alienação pela União.
Esse Forte fazia parte de uma série de "baterias de canhões" junto com as de Irajá e do Andaraí, construídos após a bem-sucedida invasão francesa do século XVIII, quando os inimigos, escaldados com o fracasso da primeira invasão via Baía da Guanabara, resolveram desembarcar nos fundos da cidade, atravessando-a pelos subúrbios até chegar ao Centro e lá se instalando e pilhando completamente a cidade em dias de verdadeiro terror para nossos antepassados.
Depois desta derrocada e bem à nossa moda lusitano-brasileira, resolveram as autoridades guarnecer de fortes também nossa retaguarda, aumentando assim a segurança depois da "casa arrombada".
Inútil esforço, pois mais nenhuma invasão francesa se deu por ali.
FONTE: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários